ArtigosAtualidadeRecrutamento e seleção

6 maneiras de reconhecer um ótimo CV em dois minutos

Entre uma variedade de aplicações, é importante reconhecer os excelentes currículos rapidamente. Um ótimo CV é aquele que o obriga a chamar o candidato imediatamente, ou pelo menos, não deixa dúvidas que deveria colocá-lo na pilha “sim”.

Uma vez que o tempo médio que o recrutador pode gastar a fazer a triagem de currículos é de apenas dez segundos, é importante tomar decisões rapidamente. Abaixo estão seis dicas práticas para permitir que separe os excelentes currículos dos medíocres, no menor tempo possível.

1. Verifique a formatação

Um bom candidato estará ciente de que o seu CV é a primeira impressão deles a ser apresentada à empresa e assim terá feito esforços para torná-lo tão claro e legível quanto possível. Antes mesmo de olhar para o conteúdo, a primeira coisa que deve chamar a atenção num ótimo currículo é o facto de ser claro e bem formatado.
O nome e os detalhes de contato devem estar no topo (não é necessário pesquisar pelo número de telefone para chamar o candidato para uma entrevista), não deve haver blocos densos de texto que ofusquem detalhes-chave e o seu histórico de emprego deve estar na ordem cronológica inversa.
O tipo de letra deve ser profissional e de fácil leitura e verifique o número de páginas – qualquer coisa acima de três provavelmente conterá muito desenvolvimento, enquanto um bom candidato saberá articular-se de forma mais concisa.
Se está feliz pelo facto do CV estar bem estruturado e profissional, comece a ler.

2. Localização, localização, localização

No recrutamento, uma das principais razões  para um candidato recusar ou aceitar uma contra-oferta é a localização e o tempo de viagem. É imperativo garantir que a deslocação faça sentido para o candidato a longo prazo, e não vá sair assim que apareça algo mais próximo, então comece seu processo de seleção, verificando o endereço do candidato, caso o tenha incluído.
Infelizmente, muitos candidatos enviam currículos para qualquer função que surge amplamente no seu espaço, por isso economize tempo (e o coração do candidato), limitando as suas seleções iniciais aos candidatos dentro de um raio da sua empresa. Um bom candidato entenderá, e assim um excelente CV mostrará sua adequação geográfica claramente.

3. Verifique as duas últimas funções

Se as duas últimas funções não forem relevantes para o papel que está a recrutar, não vale a pena continuar a ler,
pois qualquer experiência adequada além desse tempo será muito tempo para que seja importante.
As funções mais recentes num ótimo currículo devem ser as mais ricas em conteúdo, sendo as mais detalhadas sobre as responsabilidades (e, mais importante, as conquistas), de modo a que uma análise rápida seja suficiente, para decidir se vão para a pilha de currículos para marcar “entrevista” ou “rejeição”.

4. Continuidade e permanência nos cargos

Uma boa regra no recrutamento é que as lacunas de mais de seis meses no emprego são muitas vezes um sinal de alerta. Um ótimo CV não terá lacunas significativas na carreira (e as que tem são justificadas,  por exemplo, viagem ou licença de maternidade). Da mesma forma, que ter mais de dois ou três empregos num período de 12 meses, muitas vezes, pode ser uma bandeira vermelha numa perspetiva de longo prazo, então um excelente CV mostrará uma boa duração média de permanência nos cargos.

5. Educação

Atualmente muitas funções exigem um nível mínimo de educação, e num currículo forte e bem feito, os antecedentes educacionais dos candidatos devem ser claramente definidos para permitir que se verifique isso.
Um ótimo CV mostrará claramente o seu histórico educacional, incluindo faculdade, qualificação e ano. Se a seção de educação está em falta, geralmente pode inferir que não há muito para listar, ou o candidato não teve a consciência de incluí-la – nenhum deles é um bom presságio para um candidato forte.

6. Atenção aos detalhes

Não precisa ler o documento na integra para reconhecer um bom CV.  Uma análise rápida, com um olho treinado, irá verificar vários erros ortográficos e más construções frásicas, em apenas um ou dois parágrafos.  Se estes são imediatamente óbvios, é provável que o resto do CV não seja impressionante. Um ótimo currículo terá sido verificado e revisto ao nível dos erros e isso leva a que haja uma pessoa com excelente atenção aos detalhes por trás disso.

Embora seja impossível dizer que um candidato é como um documento curto e formal, existem várias pistas que apontam para um ótimo CV e, portanto, um excelente candidato. Aprender o que procurar dentro dos poucos minutos que tem disponível para analisar, significa que pode identificar rapidamente um CV “excelente”.

 

Autor: Lee Tonge criou The CV Store em 2001 e é reconhecido como um dos “especialistas”  em escrever CV no Reino Unido, dando também consultoria nesta área.

Artigo publicado em: https://theundercoverrecruiter.com

 

Mais artigos de interesse:

Previous post

João Mendonça assume função de Chief Commercial Officer da Aon

Next post

Os 10 melhores e mais ridículos vídeos de Employer Brand e Recrutamento

Ana Silva

Ana Silva

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *