Responsabilidade social e sustentabilidade

Balanço da primeira conferência Pro Bono em Portugal

Foi no dia 29 de outubro no Museu da Eletricidade, que decorreu a primeira conferência Pro Bono em Portugal. O objetivo desta conferência era sobretudo a partilha de experiências, boas práticas, que mudassem a visão sobre o voluntariado de competências.
Margarida Pinto Correia, diretora de inovação social da Fundação EDP foi quem deu as boas vindas a todos os participantes.
Ariana Gonzalez, global program manager na Fundação Taproot (EUA) e na Fundação BMW, por sua vez, destacou a importância das atividades Pro Bono, que tipo de modelos se podem desenvolver, case studies, a rede Global Pro Bono e ainda realizou um workshop onde todos os presentes poderam interagir e partilhar a sua perspetiva.
Cliff Prior, CEO da Unltd (UK), apresentou-nos a perspetiva de uma organização que apoia empreendedores sociais no Reino Unido. Frederico Cruzeiro Costa, presidente de direção da Agência de Empreendedores Sociais, deu a conhecer a organização, os projetos Pro Bono atuais e futuros para os beneficiários dos territórios onde estamos implementados e também algumas atividades Pro Bono.

O evento ainda teve um momento  dedicado à música com o  som da música das batucadeiras do Grupo Finka-pé, que encerrou a Conferência.

 

Na edição nº101 da RHmagazine poderá ver os resultados do 1º Estudo Pro-Bono feito em Portugal.

 

imprimir
Previous post

"Locais de trabalho saudáveis contribuem para a gestão do stresse"

Next post

Em Portugal a presença feminina nas chefias aumenta

IIRH

IIRH

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *