Groundforce regressa ao Aeroporto de Faro e cria 140 novos postos de trabalho

A Groundforce Portugal, empresa de assistência em escala a passageiros, operações em pista e carga aérea, que opera nos Aeroportos de Lisboa, Porto, Funchal e Porto Santo, retomou a sua operação no Aeroporto de Faro.

Para o início da operação, a Groundforce Portugal irá assegurar a assistência aos passageiros dos voos do Grupo IAG – British Airways, Iberia, BA City Flyer, Vueling e Aer Lingus, numa altura em que o sul do País regista um incremento substancial de turismo e que coincide com a inauguração do novo terminal do Aeroporto de Faro.

O regresso acontece sete anos depois de a Groundforce Portugal ter cancelado abruptamente a sua operação em Faro. Após um profundo processo de reestruturação e de desenvolvimento, iniciado com a chegada da equipa de gestão liderada por Alfredo Casimiro, em 2012, a Groundforce Portugal voltou aos resultados positivos devido ao empenho e dedicação de todos os colaboradores.

Para Paulo Neto Leite, Presidente Executivo da Groundforce Portugal “o regresso a Faro comprova a recuperação da empresa e a sua robustez. Temos uma estrutura sólida que nos permite voltar com confiança à operação e prestar um serviço de excelência similar ao que temos vindo a desenvolver nos Aeroportos de Lisboa, Porto, Funchal e Porto Santo. Esta operação vai gerar, a longo prazo, cerca de 140 novos empregos e criar novas oportunidades para algumas das pessoas que ficaram sem os seus postos de trabalho em 2010.”

Mais notícias do seu interesse:




everis reforça aposta em Portugal com alargamento do Centro de Alto Rendimento

A everis anunciou o alargamento do seu Centro de Operações de Alto Rendimento de Lisboa prestando agora serviços de nearshoring para 6 países da Europa na área de desenvolvimento de software.

O everis Center de Lisboa está em pleno funcionamento desde setembro de 2015 e integra uma rede de nove Centros de Alto Rendimento da everis espalhados pela Europa e América latina.

Para Miguel Teixeira, CEO da everis Portugal, “o everis center de Lisboa tem vindo a apresentar resultados muito positivos e contribuído para o desenvolvimento de novos projetos internacionais com os nossos clientes. Contamos já com mais de 80 colaboradores especializados e prevemos aumentar a equipa até ao final do ano, reforçando a aposta da companhia em Portugal e o valor acrescentado que as equipas portuguesas entregam aos nossos clientes”.

Também recentemente o everis Center de Lisboa recebeu a certificação nível 3 do CMMI Institute na área do desenvolvimento de software. Uma certificação que reconhece o compromisso da empresa na melhoria contínua do serviço e o incremento das competências das equipas do centro de operações.

Cada vez mais os nossos clientes, a nível local e mundial, estão conscientes da importância desta certificação de modo a garantir mais produtividade, melhorar a qualidade do serviço e eficiência das equipas e projetos”, afirma Rui Moita, Diretor do everis centers Lisboa.

A metodologia de trabalho utilizada pela everis está suportada por ferramentas de gestão e controlo de produtividade que permitem assegurar uma gestão orientada para a produtividade e qualidade do software desenvolvido através da utilização de procedimentos devidamente controlados por uma equipa de qualidade da everis.

Alinhados com a estratégia de melhoria contínua dos centros everis, estamos já a trabalhar para novas certificações do CMMI Institute, quer na área de desenvolvimento, quer na área de Outsourcing, reforçando o investimento que temos feito nos nossos serviços de manutenção de software”, concluiu o responsável do everis centers Lisboa.

A certificação agora obtida pelo everis Centers Lisboa está incluída no plano de certificação dos novos centros da everis – Lisboa (Portugal), Tetuán (Marrocos) e Trujillo (Perú).

+ News:




ATEC conquista medalha de ouro no campeonato nacional das profissões chinês

Os formandos da ATEC – Academia de Formação, Bruno Baixinho e Daniel Salgueiro, juntamente com o seu formador Vasco Vaz, participaram na prova de Robótica Móvel no China International Skills Competition. Após 2 dias de intensa competição, que passou pela simulação de tarefas de um robô num armazém de logística, os dois jovens arrebataram a medalha de ouro.

Os formandos do curso de especialização tecnológica em Automação e Robótica integraram a comitiva portuguesa que participou na 4ª edição do “China International Skills Competition”, a convite do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e com o apoio da Siemens e Volkswagen Autoeuropa e Bosch promotores da ATEC, e ainda da parceira Introsys. Em outubro deste ano, os formandos irão representar Portugal, igualmente em robótica móvel, no WorldSkills Abu Dhabi 2017.

A competição organizada pelo WorldSkills China decorreu em Xangai, nos dias 7 e 8 de junho, e contou com cerca de 1000 participantes competindo em várias profissões técnicas.

Mais notícias:




AKI aumenta salário mínimo para 602€

ORDENADO DE ENTRADA NA EMPRESA DE BRICOLAGE É CERCA DE 8% SUPERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL

É já a partir de julho deste ano, que o AKI aumenta o salário mínimo de admissão para 602 euros. Com este acréscimo, o AKI, que já pagava um ordenado base de entrada acima do ordenado mínimo, vai remunerar todos os colaboradores que se enquadram neste escalão 8% acima do salário mínimo nacional.

Para Sandra Barranquinho, este aumento da remuneração enquadra-se na estratégia global de “melhoria contínua das políticas de remuneração e incentivos da empresa”. A diretora de recursos humanos do AKI sublinha ainda: “pretendemos ser uma empresa de pessoas para pessoas e, por isso, as nossas Políticas de Recursos Humanos assumem uma importância real na nossa estratégia empresarial”

As políticas de remuneração do AKI incluem políticas como o prémio de progresso trimestral e o “acionariado  para todos”, bem como, a distribuição de 16% dos lucros anuais pelos colaboradores; seguro de saúde e de vida e descontos e vantagens exclusivas através de 1500 protocolos com outras entidades (clube Proximidade).

Para além disso, a empresa aposta fortemente em estratégias concretas de “engagement”, sendo disso exemplo, o projeto INOVAKI – um acelerador de ideias dos colaboradores para implementação concreta – a formação contínua de todos os Colaboradores que complementam os seus planos de desenvolvimento individuais.

O AKI continua a executar o seu plano de expansão até 2020, tendo o objetivo de duplicar o parque de lojas, passando das atuais 35 para 64. Com um investimento de 100 milhões de euros, o plano passa por abrir lojas em zonas de influência na ordem dos 20 mil habitantes. Para acompanhar esta expansão, espera-se o crescimento da equipa AKI com a criação de mais 670 postos de trabalho líquidos, atingindo-se os dois mil colaboradores.

+ News:




DXC Technology e Workday apresentam soluções na área da gestão de pessoas

O Altis Grand Hotel recebeu hoje, 28 de junho, uma sessão da responsabilidade da DXC Technology e da Workday onde o grande foco foi a apresentação das soluções que disponibilizam na área da gestão de pessoas.

Sempre com o foco na transformação digital, que se enraíza cada vez mais na vivência do dia-a-dia e se torna uma necessidade, esta apresentação teve início com a intervenção de Manuel Maria Correia, Diretor-Geral da DXC Technology Portugal. De seguida, Andrés García-Arroyo, Diretor-Geral da Workday Iberia, apresentou o conceito e características essenciais do software que disponibilizam.

Também interveniente foi José Carlos González, Diretor de Parcerias da DXC Technology Iberia, tendo sido seguido por Laura Assouline, Senior Solution Consultant da Workday, que demonstrou, in loco, algumas das funcionalidades e mais-valias do software.

Por último, foi dada voz a Patricia de la Fuente, HCM & Compensation Senior Manager da Avon, que revelou, por experiência própria, os benefícios e dificuldades da implementação deste sistema a nível mundial.

Saiba mais na próxima edição da RHmagazine.

 

Outras noticias que podem ser do ser interesse




ManpowerGroup desenvolve tecnologia que avalia a motivação dos indivíduos para o desenvolvimento contínuo de aptidões profissionais

ManpowerGroup desenvolve tecnologia para avaliar o “quociente de aprendizagem”

A ManpowerGroup acaba de desenvolver um software que disponibiliza um serviço de avaliação visual para identificar Quociente de Aprendizagem (Learnability Quotient) de cada pessoa analisada, providenciando informação relevante sobre a motivação da pessoa avaliada para o desenvolvimento contínuo de aptidões profissionais e sobre o estilo de aprendizagem mais eficaz em cada caso concreto.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela ManpowerGroup em parceria com a Hogan X  –  nova divisão analítica da Hogan Assessments, líder em avaliações de personalidade -, oferecendo benefícios evidentes para os indivíduos e as empresas que a ela recorram.

No caso dos indivíduos, a avaliação com o novo software possibilitará uma melhor compreensão dos perfis ideais de aprendizagem e providenciará os recursos mais eficazes para ajudar a melhorar a capacidade de aprendizagem.

Quanto às empresas, as vantagens são também óbvias.

Desde logo possibilita a tomada das melhores decisões relacionadas com o desenvolvimento dos seus recursos humanos, isto baseado no conhecimento mais aprofundado da agilidade/mobilidade das pessoas e no cálculo sobre a motivação para o desenvolvimento pessoal de cada um.

Refira-se que os resultados das avaliações realizadas com recurso ao novo software são expressos em três dimensões: “aventureiro”, com vontade intrínseca de explorar; “intelectual”, com motivação para aprender; e “não convencional”, com desafio ao satus quo.

É pois esta descoberta dos traços dominantes de personalidade perante a learnabilty* que se revela decisiva para o sucesso de pessoas e empresas: “É tempo de olhar novamente para a forma como motivamos, desenvolvemos e retemos os colaboradores. No ambiente de constante mudança em que vivemos, learnability é o bilhete para o sucesso profissional, tanto para empresas como para as pessoas”, assegura Mara Swan, Vice-Presidente Executiva da área de Estratégia Global e Talento da ManpowerGroup.

De facto, num ambiente de mercado dinâmico, é importante que as pessoas procurem o desenvolvimento contínuo de aptidões para garantirem que se mantêm atrativas para os empregadores, e que as empresas adotem processos e tecnologias que permitam aos seus colaboradores a aquisição de novas aptidões.

Em suma, o Quociente de Aprendizagem (Learnability Quotient), agora desenvolvido pela ManpowerGroup, constitui uma nova abordagem para as pessoas avaliarem os seus estilos de aprendizagem e receberem recomendações que contribuem para o seu desenvolvimento e envolvimento, ao mesmo tempo que disponibiliza informações e perspetivas, válidas e orientadas pelos dados recolhidos, que permitem caracterizar um amostra da população ativa.    

*Learnability consiste “no desejo e capacidade de evoluir rapidamente e adaptar o nosso conjunto de competências para nos mantermos empregáveis ao longo do nosso percurso profissional”.

Outras notícias de interesse:




Novo contact center da Randstad em Elvas

A Câmara Municipal de Elvas e a Randstad Portugal assinaram, esta segunda-feira, o protocolo de colaboração para a instalação de um contact centre para a prestação de serviços em língua espanhola. Este protocolo representa a criação de um centro de competências especializado nesta cidade Alentejana e ao mesmo tempo uma resposta à elevada taxa de desemprego desta região, uma vez que terá a capacidade de gerar 100 postos de trabalho diretos.

A sessão que marcou o arranque formal deste projeto decorreu no Museu de Arte Contemporânea e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, e do CEO da Randstad Portugal, José Miguel Leonardo.

A instalação do contact centre em Elvas constitui uma aposta na criação de emprego, na dinamização económica desta região e na qualificação dos seus recursos humanos. O projecto prevê a possibilidade de aquisição de conhecimentos na língua espanhola. Em parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), a Randstad disponibiliza formação de aperfeiçoamento do Espanhol aos candidatos que tiverem conhecimentos básicos no idioma e pretendam integrar o projeto.

A localização do contact center já está definida e a Randstad vai colocar numa primeira fase 30 pessoas em formação inicial. O centro terá a capacidade para cerca de 100 postos de trabalho, estando previsto que, até ao final do 1º Semestre de 2018, sejam criados mais de 60.

Para José Miguel Leonardo, CEO da Randstad Portugal, “este é um projeto que aposta nas pessoas e na criação de emprego numa zona de interior, com muito potencial. Para a Randstad é parte da nossa estratégia, depois de já termos chegado a várias cidades do interior ao longo dos últimos meses e para mim em especial ainda tem um impacto maior, pois nasci em Elvas e é com especial orgulho que contribuo também para o seu desenvolvimento”. O CEO da empresa de recursos humanos reforça ainda que “além dos postos de trabalho criados, o projeto destaca-se pela qualificação dos recursos humanos, com a formação técnica e ao nível da língua espanhola”.

Este protocolo de colaboração vai permitir à Randstad responder às necessidades de contact center e shared services de empresas Ibéricas e outras, com necessidades destes serviços em fluência espanhola.

Mais notícias:




Accenture inaugura Centro de Tecnologia em Braga

A Accenture, empresa líder mundial em serviços profissionais nas áreas de estratégia, consultoria, digital, tecnologia e operações, inaugurou este mês, na presença de S.E. Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, um novo Centro de Tecnologia, em Braga, com uma centena de profissionais altamente qualificados.

Contratados recentemente nas Universidades nacionais, o Braga Delivery Center irá duplicar a sua capacidade até ao final do próximo ano, reforçando assim o compromisso da Accenture com a criação de emprego especializado e promoção do talento em Portugal.

O novo Centro representa uma forte aposta da Accenture a nível nacional na inovação, conhecimento especializado e desenvolvimento de competências tecnológicas, e tem como missão prestar serviços de alto valor acrescentado, para apoiar as organizações clientes em Portugal, Europa, África, América do Norte e América Latina.

Integrado na rede de centros globais de tecnologia da Accenture, o Braga Delivery Center será o segundo Centro de Tecnologia da Accenture instalado em Portugal. O Lisbon Delivery Center, inaugurado em Janeiro de 2013, conta já com 400 profissionais, que se juntam aos 175,000 profissionais dos 50 Delivery Centers da Accenture em todo o mundo.

Com a criação deste Centro pretendemos continuar a apoiar os nossos clientes, capitalizando a rede global da Accenture e beneficiando das nossas capacidades únicas em gestão e tecnologias de informação. Por isso mesmo, Braga é o local ideal, enquanto capital do Minho, com enorme potencial, universidades de excelência e um grande polo de talento nas áreas de Engenharia e Informática. É uma cidade de empreendedores onde se respira inovação e excelência, com uma das populações mais jovens da Europa”, refere José Gonçalves, Presidente da Accenture Portugal.

Este novo Centro de tecnologia da Accenture pretende ainda contribuir para a criação de emprego altamente qualificado e especializado, reforçando a nossa aposta na exportação de serviços a partir de Portugal”, conclui o Presidente da Accenture.

O novo Centro de Tecnologia da Accenture localiza-se no Pólo de Negócios de Braga.

Mais notícia:

AtualidadeEmpresasRecrutamento e seleção

Groundforce regressa ao Aeroporto de Faro e cria 140 novos postos de trabalho

A Groundforce Portugal, empresa de assistência em escala a passageiros, operações em pista e carga aérea, que opera nos Aeroportos de Lisboa, Porto, Funchal e Porto Santo, retomou a sua …

READ MORE →
AtualidadeEmpresas

everis reforça aposta em Portugal com alargamento do Centro de Alto Rendimento

A everis anunciou o alargamento do seu Centro de Operações de Alto Rendimento de Lisboa prestando agora serviços de nearshoring para 6 países da Europa na área de desenvolvimento de …

READ MORE →
AtualidadeMercado de TrabalhoTecnologia e Inovação

Estudo mostra que o défice em competências digitais se mantém como o principal desafio para as organizações

As empresas consideram a transformação digital como algo absolutamente crucial, mas a maioria ainda não definiu uma estratégia que dote os seus colaboradores das competências necessárias para a literacia digital. …

READ MORE →
AtualidadeMercado de TrabalhoTecnologia e Inovação

Novo estudo da Capgemini revela: cultura empresarial é o principal obstáculo à transformação digital

Novo estudo do Instituto de Transformação Digital da Capgemini, em colaboração com Brian Solis, deteta agravamento do fosso cultural entre gestores e trabalhadores – um aumento de + 7 pontos …

READ MORE →




Talenter™ inaugura nova store no Cacém

No seguimento da estratégia de implantação nacional que tem vindo a concretizar ao longo dos últimos anos, a Talenter™ abre agora a sua 24ª delegação, a 6ª no distrito de Lisboa.

Com o objetivo de reforçar a presença na área metropolitana da capital, a Talenter™ inaugurou este mês, a Talenter™ Store do Cacém, o primeiro espaço na linha de Sintra e numa zona de grande concentração populacional.

Com especial vocação para as áreas da Indústria, Hotelaria, Logística e Restauração, esta delegação irá contribuir para o aumento da capacidade de resposta da Talenter™ na região.

Rita Mendonça, Coordenadora Operacional de Lisboa declara, a propósito da abertura deste novo espaço, que ”A Talenter™ tem na sua génese a preocupação em manter a proximidade a clientes, candidatos e colaboradores e na região de Lisboa estava a faltar cobrir o eixo mais a norte, chegando ao público residente na linha de Sintra. Esta delegação representa um importante polo de atração e captação e talento”. Acrescenta que “com esta nova Talenter™ Store esperamos aumentar a nossa capacidade de resposta, essencialmente junto de clientes com operações em Sintra, Cascais e Lisboa.”.

Deste modo, a Talenter™ vê a sua rede de delegações reforçada, mantendo presença atual nas principais cidades, com delegações em Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Entroncamento, Caldas da Rainha, Lisboa (Campo Grande e Chiado), Algés, Cascais, Cacém, Almada, Setúbal, Beja, Portimão, Quarteira, Vilamoura, Faro, Funchal e Ponta Delgada, para além da Sede Social, em Carnaxide.

Outras notícias:

AtualidadeEmpresasRecrutamento e seleção

Groundforce regressa ao Aeroporto de Faro e cria 140 novos postos de trabalho

A Groundforce Portugal, empresa de assistência em escala a passageiros, operações em pista e carga aérea, que opera nos Aeroportos de Lisboa, Porto, Funchal e Porto Santo, retomou a sua …

READ MORE →




EDENRED revela nova identidade a nível mundial

Em 42 países, todas as soluções do Grupo foram reagrupadas sob uma única marca Edenred, líder mundial de soluções transaccionais ao serviço das empresas, dos colaboradores e dos comerciantes.

A Edenred acelera assim a sua transformação fazendo da sua marca um ponto de referência forte e convergente para os 43 milhões de utilizadores, 750.000 empresas e instituições públicas e 1,4 milhões de comerciantes parceiros. A identidade dos 250 produtos e serviços desenvolvidos pelo Grupo foi inteiramente repensada em torno de códigos gráficos unificados. Esta nova identidade é captada através da assinatura do grupo “We connect, you win”, que reflecte o percurso de digitalização da Edenred, o conceito das redes construídas pelo Grupo e as vantagens disponibilizadas: maior poder de compra para os colaboradores, optimização das despesas para as empresas e maior volume de negócios para os comerciantes. A 14 de Junho de 2017, os 8 mil colaboradores do Grupo utilizaram em 42 países as cores do novo logotipo. Esta etapa vem suportar o plano estratégico da Edenred: Fast Forward, que visa, sobretudo, generalizar a digitalização da oferta e se posicionar no universo do B2B2C.

Bertrand Dumazy, Chairman e Chief Executive Officer da Edenred, declarou: “O lançamento da nossa nova identidade é uma etapa importante na transformação de Edenred. A transição do Grupo para um universo 100% digital levou-nos a criar uma nova marca poderosa, convergente e (portadora de sentido). Para 43 milhões de utilizadores, 1,4 milhões de comerciantes e 750.000 empresas, cada uma das nossas soluções é uma fonte de criação de valor.”

Mauro Borochovicius, Chief Executive Officer da Edenred em Portugal referiu: “O lançamento da nova marca irá permitir-nos falar a uma só voz em todo o mundo e ainda ligarmo-nos de forma mais impactante e relevante com todos os nossos stakeholders.”

O novo logotipo da Edenred será agora apresentado em todas as soluções do Grupo, desde as aplicações móveis, às plataformas online, aos próprios cartões e senhas.

O Grupo criou também uma nova assinatura, “We connect, you win”, que reflecte a nova digitalização, o conceito de redes construídas pela Edenred e ainda os benefícios das suas soluções: maior poder de compra para os colaboradores, optimização dos custos para as empresas e maior volume de negócios para os comerciantes.

O novo logótipo Edenred incorpora os atributos da nova marca, tornando-se mais simples, fiável, digital, universal, ousada e conectada. Hoje adaptado para um círculo vermelho, apresenta o nome Edenred a partir do centro e é deixado aberto para o exterior evocando a rede distintiva do Grupo, os utilizadores, as empresas e os comerciantes que utilizam as soluções Edenred. Valorizando o sufixo “red”, o novo logotipo reproduz a cor vermelha que foi um ponto de referência visual para o Grupo desde as suas origens, reforçando a leitura da marca. Este faz tambem referência aos ecossistemas nos quais estão posicionados todos os produtos do Grupo, através da palavra “red” que significa “rede” em espanhol. As curvas limpas da nova fonte de letra marcam a suave transição para novos padrões gráficos no ponto de encontro entre os mundos B2B e B2C, pois a digitalização da sua oferta confirma o reforço de laços cada vez mais directos com os 43 milhões de utilizadores que utilizam actualmente as suas soluções. Projectado em formato de monograma, o novo logotipo é também um símbolo do efeito de associação das apps da Edenred.

O universo gráfico da Edenred foi totalmente repensado (em coerência) de acordo com a nova plataforma da marca. Foi criada uma “fita” que representa os laços desenvolvidos pela Edenred e os seus diferentes públicos, utilizando cores vibrantes, imagens e símbolos de referência, colocados em destaque, como se pode constatar no novo site do Grupo: edenred.com (enquanto o site Português está ainda a ser redesenhado).

No dia 14 de Junho de 2017, os 8.000 colaboradores do Grupo utilizaram as cores do novo logótipo nos diferentes eventos organizados nos 42 países em que Edenred está presente. Estes eventos poderão ser seguidos nas redes sociais através do hashtag #Edenredconnects

Anne-Sophie Sibout, VP de Comunicações da Edenred, comentou: “No ano passado, envolvemos mais de 200 colaboradores da Edenred em todo o mundo, no processo de criação da nova identidade visual, o que tornou este projecto desde logo, num projecto genuinamente colaborativo. A nova identidade da marca transmite uma promessa de confiança, convergência e ousadia. Em termos de design e apresentação, simboliza os laços ímpares que Edenred cria com os seus vários públicos.”

O projecto de rebranding foi realizado com a ajuda da agência Royalties, responsável pelo desenho do novo logotipo e identidade visual da Edenred.

 

Outros artigos que podem ser do seu interesse