Atualidade

Delta lidera ranking das empresas mais reputadas em Portugal

Pela primeira vez, em dez anos, uma empresa portuguesa é líder no ranking das empresas mais reputadas.

A Delta é a marca líder do ranking das empresas com melhor reputação, que, em 2018, inclui três novas marcas: a Olá, a Lego e a L’Oréal. Este ano aumentaram, igualmente, as empresas portuguesas e estrangeiras que alcançaram os índices reputacionais mais elevados, como consequência, segundo as conclusões do Global RepScore Pulse, dos níveis positivos associados aos indicadores utilizados em cada país (governo, sociedade e economia), que se refletem no crescimento do consumo.

De acordo com o estudo desenvolvido pela consultora ONSTRATEGY, a subida nos níveis de reputação portugueses deve-se a áreas que reforçaram a sua posição estatística em relação a 2017, nomeadamente o turismo e lazer, retalho, multimédia e banca. Os lugares cimeiros do ranking são ocupados pelos setores de alimentos e bebidas, bens de grande consumo, retalho, tecnologia e saúde e bem-estar.

“A reputação de Portugal regista uma melhoria estatisticamente relevante, tanto sob a visão externa, como interna. O facto de os indicadores de país estarem melhores permite aos cidadãos consumir mais e, como tal, estarem mais próximos das marcas”, afirma Pedro Tavares, partner e CEO da ONSTRATEGY. A confiança que as marcas portuguesas colhem junto dos consumidores é reflexo das características do consumidor português, que é, hoje, “mais exigente e crítico” e consciencioso na “proteção e valorização das marcas locais”, esclarece.

Empresas líderes por áreas de atividade:

Delta (alimentos e bebidas);
Google (tecnologia);
Lego (brinquedos);
Vista Alegre (bens industriais);
L’Oréal (bens de grande consumo);
Ikea (retalho geral);
Delloite (consultoria, auditoria e serviços legais);
Pestana (turismo e lazer);
RFM (media);
TAP (aviação);
CTT (serviços profissionais);
Galp (energia);
Visa (cartões de crédito);
Fundação Champalimaud (saúde e bem-estar);
Vodafone (telecomunicações);
Zara (retalho téxtil);
Santa Casa da Misericórdia (apostas desportivas);
Via Verde (mobilidade);
McDonald’s (retalho alimentar);
Novartis (farmacêutica);
Santander Totta (banca);
Fidelidade (seguros);
Teixeira Duarte (construção e engelharia).

 

Voltar à homepage

 

Mais notícias:

 

Facebook
image_pdfimage_print
Previous post

Unono: eis a plataforma que quer ser o “Jorge Mendes do recrutamento sub-30”

Next post

Edição 115 da RHmagazine já nas bancas: Saiba tudo sobre as profissões do futuro

Mónica Felicidade

Mónica Felicidade

No Comment

Deixar uma resposta