Artigos

Dia Internacional do Riso: Descubra o poder do riso!

No Dia Internacional do Riso, 18 de janeiro, visa-se chamar a atenção para a importância de rir, bem como para os seus benefícios!

Flexione os músculos das extremidades da boca, aperte o canto dos olhos e, se puder, solte uma boa gargalhada. A sua saúde e emoções agradecem!

Risos, muitos risos!
O riso previne o stress, aumenta a resposta imunológica do organismo, funciona como terapia e ginástica, atenua a dor e não tem contraindicações. Não é à toa que a sabedoria popular consagrou o riso como o melhor remédio para os mais diversos males. “Medicamento”, inclusive, que a ciência vem estudando e, embora ainda não saiba exatamente o que ocorre no cérebro durante uma boa risada, já demonstrou seu efeito sobre o sistema imunológico.

Estudos comprovam que rir e sorrir aumentam o número de células T no sangue”, afirma o professor do curso de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Naim Akel Filho, coordenador do grupo de estudos em neurociência. Essas células de nome sugestivo coordenam a resposta imune contra infecções e tumores.

Outra consequência provada é a libertação de endorfina, hormónio que, entre outras coisas, reduz a sensibilidade à dor, aumenta a disposição física e mental e a resistência, melhora a memória e o bom humor. As reações continuam: a oxigenação no sangue e no cérebro são elevadas, assim como a frequência cardiorrespiratória. E ainda trabalha o diafragma e abdómen, face, pernas e músculos das costas.

Ou seja, rir trabalha o corpo como um todo e ainda fortalece as emoções. “O riso relaxa, descontrai. Favorece a tranquilidade mental, que proporciona maior abertura à confiança, à imaginação, à criatividade e ao bem-estar. As reações emocionais tornam-se mais equilibradas e positivas”, garante o psicólogo Geraldo Vieira de Magalhães, colaborador do Instituto Med Prev. Nem seria preciso recorrer à ciência para ter essa certeza. Lembre-se da última vez que deu uma boa gargalhada: a sensação de bem-estar que se segue é a melhor das provas.

O poder do riso vai além. “Quando alguém está tenso ou triste, se conseguir sorrir o processo psíquico pode se reverter, voltando a uma situação de bem-estar”, diz Akel Filho. Mas não adianta fingir. O riso precisa ser autêntico para ter eficácia.

Melhor terapia
Para o psicólogo Geraldo Vieira de Magalhães, o riso é uma função que pode ser “treinada”. “Aceitar-se, gostar de si mesmo, se esforçar para buscar oportunidades e encontrar sentido na vida, favorecem o entendimento das dificuldades e possibilitam que se encare a existência com mais calma, determinação e bom humor. É um treinamento contínuo, que deve fazer parte do dia a dia de todo ser humano”, orienta.

Ler artigo completo “O poder do Riso”, publicado em www.gazetadopovo.com.br

O Riso nas organizações: Caso prático da Verallia

Tendo o riso como mote, foi durante três semanas que a Verallia Portugal acolheu a terapia do riso nos primeiros quinze minutos de trabalho.
O objectivo ao longo deste período foi acima de tudo reduzir os níveis de stress, ansiedade e aumentar a motivação. Mais do que pessoas produtivas, queremos acima de tudo pessoas felizes, num ambiente saudável e descontraído.
Os efeitos positivos no ambiente de trabalho contagiaram mesmo os mais reticentes perdurando no tempo.

In pt.verallia.com

Leia ainda o artigo “Juntos Construímos o Futuro“, sobre a Verallia, publicado na RHmagazine, n.º 113, Novembro/Dezembro 2017

 

Mais artigos de interesse:

Facebook
image_pdfimage_print
Previous post

11 dicas para tornar a experiência do candidato mais feliz

Next post

LLORENTE & CUENCA apresenta os seus novos sócios

Ana Silva

Ana Silva

No Comment

Deixar uma resposta