AtualidadeMercado de Trabalho

Empresas de RH enaltecem impôrtância da inovação social para o futuro do mercado de trabalho

 

A APESPE RH – Associação Portuguesa das Empresas do Setor Privado Emprego e Recursos Humanos – subscreve o manifesto da World Employment Confederacion (WEC) que enaltece a importância da inovação social para o futuro do mercado do trabalho, como meta para construir mercados de trabalho mais abertos, inclusivos e sustentáveis.

O manifesto aponta a inovação social como um dos caminhos para a retenção de trabalhadores qualificados e talentosos, assim como para manter as empresas competitivas e ágeis.

Entre os compromissos apresentados pela WEC, entidade representante das empresas de setor privado de emprego em 50 países, destacam-se a relevância de propostas como a melhoria significativa das condições trabalho, a implementação de esquemas de proteção social modernizadas e o desenvolvimento de projetos que proporcionem a todos os trabalhadores as capacidades necessárias para vingar no mercado de trabalho, as quais poderão representar melhorias laborais significativas.

A autorregulação do setor tem sido o grande foco da APESPE RH, garantindo uma maior orientação dos responsáveis laborais para a criação de um mercado de trabalho eficiente e sustentável, com políticas de trabalho inovadoras, com benefícios e direitos sociais transferíveis, novos tipos de representação coletiva e acesso à aprendizagem contínua, ao longo da vida.

Para Afonso Carvalho, presidente da APESPE RH, “as empresas do setor privado de emprego devem proporcionar condições para um mercado de trabalho mais inovador, mais competitivo e, consequentemente, mais eficaz, o que acreditamos seja fundamental para a dinamização da economia nacional e para fornecer às empresas flexibilidade e mais oportunidades aos trabalhadores.”

Mais notícias

Previous post

Igualdade de Género no Mundo do Trabalho: Ambição no Feminino

Next post

Conheça as 10 caracteristicas que devem ter as soluçoes de digitalização do talento

Cristina Barros

Cristina Barros

Managing director do IIRH

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *