Responsabilidade social e sustentabilidade

Fundação AFID Diferença lança nova edição da revista Diferença

A Fundação AFID Diferença, que apoia crianças, jovens e idosos com deficiência, lança este mês a mais recente edição da revista Diferença. Considerando a génese e os objetivos da instituição, o número 21 da revista aborda temáticas ligadas às pessoas com deficiência, nomeadamente a saúde mental, a autodeterminação e auto-representação, a vida autónoma e independente e a prática de desporto. Na nova edição é possível ler-se artigos referentes a outras áreas de atividade da Fundação, como a qualidade de vida de pessoas idosas e crianças, e artigos escritos por técnicos da instituição e colaboradores que trabalham de perto com a Fundação – o Dr. Pedro Varandas, psiquiatra e Diretor do Centro Irmãs Hospitaleiras de Lisboa, Mário Lopes, presidente da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, Ana Paula Ventura, da Direção de Enfermagem do Centro Hospitalar MediaTejo, e Paula Guimarães, diretora da Fundação Montepio, que escreveu a nota de abertura da Revista. Esta edição dá conta, ainda, das atividades desenvolvidas pela instituição.

Sem nunca esquecer o trabalho iniciado pela Dra. Maria Lutegarda Justo, a revista Diferença mostra o legado deixado pela diretora. Considerada uma das forças motoras da instituição, a Dra. Maria Lutegarda Justo deu o mote a muitas das iniciativas que se viram concluídas após o seu desaparecimento. Recorde-se que a edição passada da revista, lançada no aniversário da Fundação, apresentava um caderno especial dedicado à vida e legado da antiga diretora da AFID.

 

O editorial do n.º 21 da revista é escrito pelo presidente do Conselho de Administração da Fundação AFID Diferença, Domingos Rosa, que afirma que “volvido um ano do desaparecimento da Dra. Maria Lutegarda, Assessora da Administração, Diretora da Ação Social da Fundação AFID Diferença e Diretora da Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoas Deficientes (AFID), o clima institucional e organizacional da Fundação não abanou, nem se alterou”. “Antes reforçámos a nossa intervenção de qualidade na área social. As saudades são imensas, a falta da sua orientação técnica e de gestão é evidente, mas o seu espírito e a sua filosofia de atuação permanecem, constituindo um tributo ao seu legado”, reconhece.

 

 

 

Conheça a Fundação AFID Diferença.

 

Mais notícias:

Facebook
image_pdfimage_print
Previous post

Notícias ao minuto: Google vem para Portugal e cria 500 empregos

Next post

O Grupo Pestana está a recrutar. Há mais de 300 vagas disponíveis em várias áreas

Ana Silva

Ana Silva

No Comment

Deixar uma resposta