Atualidade

IFE lança aplicação móvel de video learning on-demand

A IFE lançou uma plataforma móvel de aprendizagem para empresas, com mais de 100 conteúdos on-demand, ajustável às necessidades de formação e tempo disponível de cada utilizador.

A IFE by Abilways, empresa especialista no desenvolvimento de competências e soluções de aprendizagem em Portugal, lançou uma aplicação que garante às empresas uma nova solução de formação à medida. Learning on-demand é a nova plataforma móvel de aprendizagem, que permite aos colaboradores de uma organização terem acesso personalizado a formações com mais de 100 conteúdos sobre diferentes temáticas de especialização, em formato de microlearning, com vídeos de três e cinco minutos.

A plataforma, de download gratuito, permite escolher entre vários percursos de vídeo e conteúdos de áreas como transformação digital, comunicação, relação cliente e storytelling. No final de cada percurso, disponível a qualquer hora e lugar, o utilizador obtém um certificado de realização e uma recomendação personalizada no LinkedIn.

“Cultura Digital: farto de estar ultrapassado”, “O storytelling: descobrir, treinar e agir”, “A Relação Cliente de A a Z” e “Falar em Público” são alguns dos conteúdos disponíveis on-demand, que garantem uma formação à medida de cada colaborador. Paralelamente, a IFE oferece, também, a possibilidade de desenvolver conteúdos customizados às necessidades específicas da organização.

O novo método de aprendizagem móvel foi aprovado por empresas como Désialis, GrandVision, Groupon, Ingenico Group, Mondial Assistance, Sanofi, BNP Paribas, Groupama, Zimmer e NOS. A jornalista Fernanda Freitas é a embaixadora do projeto e o rosto dos vídeos de apresentação dos conteúdos disponíveis na aplicação.

 

Voltar à homepage

 

Mais notícias:

 

Facebook
image_pdfimage_print
Previous post

Accenture Portugal tem nova diretora de recursos humanos

Next post

Elisabete Roçado, ethics and compliance officer da Lilly Portugal: “Temos de permitir aos colaboradores desenvolverem a sua atividade profissional de forma livre”

Mónica Felicidade

Mónica Felicidade

No Comment

Deixar uma resposta