AtualidadeEmpresas

Jovens contactam com a cultura do Grupo Nabeiro em open day

A segunda etapa do programa de trainees “Mundo Maior” permitiu aos jovens talentos contactarem com a cultura do Grupo Nabeiro, através dos seus membros executivos e das marcas presentes.

Depois das 1500 candidaturas recebidas na primeira etapa do programa de trainees “Mundo Maior” do Grupo Nabeiro, os 150 jovens talentos selecionados, provenientes das áreas de Engenharia e Gestão Industrial, Marketing, Comunicação, Gestão, Economia e Finanças, tiveram a oportunidade de, esta quinta-feira, contactar com elementos do conselho executivo, no open day promovido pelo grupo no espaço Delta Prata, em Lisboa. Na segunda fase do processo de seleção, os candidatos, entusiasmados e curiosos, apresentaram-se aos responsáveis e evidenciaram algumas das suas competências .

O programa de trainees “Mundo Maior” surge como uma “necessidade natural de formar pessoas”, afirmou Rui Miguel Nabeiro, administrador do grupo ao InfoRH. “Acontece agora porque nos sentimos preparados para o fazer, mas também numa ótica de crescimento e de proporcionarmos crescimento aos jovens que podem vir a trabalhar connosco”, esclareceu. Composto por cinco etapas de seleção, que terminam em maio e de onde sairão os quatro talentos selecionados, irá “oferecer-lhes a possibilidade de continuarem a sua formação no Grupo Nabeiro durante dois anos”, sublinhou o administrador. “Não vamos colocar os quatro elementos numa posição específica. Vão ter a possibilidade de ir passando por diferentes áreas da empresa, durante alguns meses, até que, depois, possam eles próprios decidir se querem continuar ou não esse percurso connosco”, explicou.

Dos jovens que acreditaram no Grupo Nabeiro, e que são fonte de inovação, é esperada “a atitude correta e a paixão que caracteriza quem lá trabalha”. “Todos os dias há novos desafios e é aí que entra o programa “Mundo Maior”. Queremos gente apaixonada e que nos desafie”, referiu Rui Miguel Nabeiro. E o que podem esperar os trainees? “Crescimento profissional, aprendendo com quem sabe, e desafios”, sublinhou.

O encerramento do open day foi da responsabilidade do fundador Rui Nabeiro. Com a sua chegada, a imagem de tradição e inovação ficou completa. “A tradição traz autenticidade e a inovação traz modernidade. Ao termos três gerações diferentes na administração da empresa, temos a autenticidade, porque o meu avô continua a ser uma pessoa diferente, mas, ao mesmo tempo, os mais jovens trazem o tão importante pilar que é a inovação”, disse o administrador ao InfoRH.

Para inspirar os futuros profissionais, e com o sorriso que lhe é característico e que, segundo o empresário, contribuiu para o seu sucesso, Rui Nabeiro aconselhou-os a acreditarem nas suas potencialidades e, em nome da Delta, agradeceu o interesse que demonstraram. “A sorte está em quem a provoca e é necessário querer”, afirmou. Aos 87 anos, destacou a importância do trabalho, da ambição e da humildade na construção de uma carreira.

 

Voltar à homepage

 

Mais notícias:

 

Facebook
image_pdfimage_print
Previous post

O mundo VUCA na era do Talento

Next post

Neves de Almeida lança plataforma de formação sobre RGPD

Mónica Felicidade

Mónica Felicidade

No Comment

Deixar uma resposta