Atualidade

Lisboa é uma das cidades mais caras do mundo para viver

A capital portuguesa é a 93.ª cidade mais cara do mundo, segundo o estudo Cost of Living da consultora Mercer. Hong Kong destronou a cidade de Luanda e é, agora, o território com um custo de vida mais elevado.

Lisboa subiu 44 posições no ranking das cidades mais caras do mundo, em relação ao ano passado, e ocupa, agora, o 93.º lugar, de acordo com o estudo anual da Mercer Cost of Living. A consultora refere, no comunicado enviado às redações, que a ascensão da capital portuguesa “representa a maior de sempre desde o início da realização do estudo” e explica-se pelas “variações do euro face ao dólar, mas reflete também uma subida de preços generalizada da cidade nas áreas da habitação, restauração e combustíveis”.

Segundo o 24.º estudo da Mercer, Hong Kong é a cidade mais cara do mundo. Luanda, que ocupava o primeiro lugar da lista em 2017, encontra-se, atualmente, na sexta posição. Em segundo lugar, está Tóquio, segue-se Zurique, que permanece como a cidade europeia mais cara, Singapura e Seul.

O arrendamento de um T2, em Lisboa, ronda os dois mil euros e, em Hong Kong, os 6207,95 euros. A capital portuguesa é a cidade mais cara no que toca ao preço da gasolina, comparativamente com as cidades do “top 5”, com exceção de Hong Kong.  Um litro de gasolina sem chumbo de 95 octanas custa, em Lisboa, 1,5 euros, e em Hong Kong custa 1,63 euros.

O ranking deste ano do Cost of Living da Mercer inclui 209 cidades, em cinco continentes. Lisboa é a única cidade portuguesa analisada. O estudo “determina o custo comparativo de mais de 200 itens em cada local, incluindo alojamento, transporte, comida, roupa, bens domésticos e entretenimento”.

imprimir

Previous post

Conselho editorial da RHmagazine reúne-se para preparar próximas edições

Next post

Verão traz mais emprego a Portugal

IIRH

IIRH

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *