Pessoas

Luís Mesquita Dias – Diretor geral da Vitacress

Entrevista a Luís Mesquita Dias revela o funcionamento interno da Vitacress e quais os planos de RH para o futuro.

 

Com quantos colaboradores conta a Vitacress Portugal atualmente?

A Vitacress Portugal conta com 360 colaboradores.

Como está dividida a equipa?

A equipa está dividida em seis departamentos: Produção (campo), Operações (fábrica), Qualidade, Sales & Marketing, Recursos Humanos e Financeiro.

Que profissionais fazem questão de manter nos vossos quadros? 

A equipa Vitacress Portugal é composta por profissionais qualificados de diferentes áreas (Agronomia, Produção Industrial, Segurança Alimentar, etc.) que defendem a missão e valores da empresa, contribuindo para a disponibilização de produtos de valor acrescentado que nos têm permitido manter uma posição de liderança no mercado nacional e exportar a nossa oferta para cerca de uma dezena de países. Com exceção dos elementos que trabalham connosco de forma temporária, a partir do momento que fazemos uma admissão, entendemos que essa pessoa deve permanecer connosco. Apesar de existirem algumas funções mais facilmente substituíveis do que outras, para nós cada colaborador é único e indispensável.

Quais as estratégias de retenção de talento que têm adotado?

Vivemos numa sociedade onde as mudanças ocorrem a uma velocidade exponencial. Na gestão de pessoas, a situação não é diferente e torna-se necessária a constante adaptação a novas realidades a fim de possibilitar que os objetivos sejam atingidos. É essencial que haja sinergia entre todas as partes para que, de facto, se atinjam os objetivos de forma mais efetiva e que assim a organização possa sobreviver num mercado tão competitivo como o atual. As pessoas são um diferencial nas empresas e é essencial para as organizações o investimento na retenção de seus talentos, pois quanto melhor a qualidade do seu quadro de colaboradores, maior a sua eficiência na consecução dos objetivos propostos e, consequentemente, mais lucrativa e competitiva será a companhia.

Reter talentos na Vitacress Portugal não é uma prática ou política empresarial encarada como opção, mas sim um fator imprescindível para a sobrevivência da empresa num universo tão globalizado como o que se tem atualmente. A Vitacress Portugal está atenta ao mercado e tenta sempre proporcionar aos seus colaboradores oportunidades de crescimento ou promoção internas, bem como reconhece a contribuição das pessoas e valoriza-as nos momentos apropriados. Tentamos, sempre que possível, que a relação entre o salário auferido e o desempenho seja proporcional de forma a garantir uma boa motivação e consequentemente um bom ambiente organizacional e apostamos num conjunto de benefícios que achamos que são extremamente atrativos para a maioria dos nossos colaboradores.

Em suma, na Vitacress Portugal, tentamos ter um conjunto de fatores que vão desde a cultura e imagem da empresa perante o mercado, passando pelo ambiente de trabalho saudável, com horário flexível e instalações adequadas e uma motivação constante e possibilidade de desenvolvimento de carreira, até a uma comunicação e clareza quanto aos objetivos, visão, missão e valores da nossa empresa.

Que fatores têm contribuído para o engagement dos vossos colaboradores?

Na Vitacress Portugal, o envolvimento dos colaboradores é claramente a chave do sucesso e é transversal a toda a equipa. Em picos de produção, por exemplo, a direção da empresa junta-se aos colaboradores da fábrica para ajudá-los a cumprir com os prazos delineados. Esta ligação entre as hierarquias permite, além de um incremento da cumplicidade entre todos os envolvidos e a motivação pelo exemplo, garantir que todos estamos a contribuir, independentemente da nossa função, para o crescimento sustentado da empresa.

A Vitacress Portugal conta ainda com um conjunto de sistemas inovadores de remuneração variável para os seus colaboradores operacionais, com o intuito de promover a produtividade e o engagement. Foi implementado um prémio de assiduidade/redução de acidentes de trabalho, que tem por objetivo a redução do absentismo e da taxa de sinistralidade. O prémio em questão tem o valor mensal de 15 euros, tendo a sua implementação determinado uma redução da taxa de absentismo da ordem dos 60%.

A Vitacress Portugal tem também em funcionamento um sistema de remuneração variável, que se consubstancia na atribuição de um prémio mensal de desempenho a cada equipa, como forma de a premiar pela sua contribuição para a concretização dos objetivos fixados prévia e anualmente pela empresa. Desta forma, pretende-se retribuir e implicar as equipas produtivas, de uma forma mais ativa, nos resultados da companhia.

Posteriormente, foi também implementada uma nova política de recompensa do desempenho individual de cada colaborador operacional. Neste caso, mensalmente, é efetuada a avaliação individual do desempenho de cada colaborador e, independentemente dos resultados da companhia, será premiado o desempenho daqueles cuja performance mereça destaque, quer na área comportamental, quer ao nível dos conhecimentos técnicos e da produtividade.

Qual a cultura da empresa? Os colaboradores estão todos alinhados com a mesma?

A cultura da Vitacress Portugal passa por uma política de inovação, que nos tem permitido criar propostas diferenciadoras, aliada a uma preocupação com a sustentabilidade ambiental e a melhoria de hábitos de consumo da população. Todos os colaboradores da Vitacress Portugal estão alinhados com a nossa missão e contribuem de forma decisiva para a sua implementação.

O bem-estar dos colaboradores tem sido uma preocupação constante. Que estratégias utilizam para os motivar e para criar um bom ambiente de trabalho.

Esse aspeto é crucial. Todas as estratégias adotadas pretendem promover o bem-estar de todos os colaboradores da empresa. Oferecemos formação específica para cada função, bem como formação complementar que faz com que toda a equipa tenha uma noção global do trabalho desenvolvido pela empresa e que inclui componente comportamental e de âmbito técnico. Exemplo disso é o curso em finanças que disponibilizamos aos nossos colaboradores que permite que tenham os conhecimentos básicos sobre a gestão do negócio.

Nos benefícios sociais, asseguramos o Seguro de Saúde e o Seguro de Vida para todos os colaboradores efetivos, bem como consultas de medicina curativa gratuitas no local de trabalho. Partilhamos também com todos os elementos os resultados que estão a ser alcançados, fazendo com que estejam permanentemente a par da evolução da atividade.

Ao longo do ano, o Departamento de Recursos Humanos promove reuniões periódicas intituladas “Fórum de Colaboradores” que contam com a participação de um representante de cada equipa operacional eleito pelos colegas. Este fórum permite aos colaboradores apresentarem sugestões de melhoria, reclamações, bem como a discussão de temas do interesse geral, sendo um momento privilegiado de diálogo e divulgação das políticas internas da empresa.

Outros dos meios utilizados para receber o feedback dos colaboradores passa pela distribuição anual de um inquérito de satisfação, a consulta bianual aos trabalhadores nas questões relativas à higiene, segurança e saúde no trabalho, através da distribuição de inquéritos de satisfação específicos nestas matérias, e a utilização de caixas de sugestões distribuídas pelos principais pontos de encontro dos colaboradores, através das quais podem manifestar-se de forma anónima. Depois de analisadas as informações, são desenvolvidas estratégias no sentido de implementar melhorias e de reforçar as medidas que sejam reconhecidas pela maioria como sendo de sucesso.

A própria equipa de Recursos Humanos da Vitacress Portugal privilegia o contacto direto com os colaboradores, visitando com uma regularidade as quintas agrícolas. Sendo o objetivo principal o esclarecimento direto e pessoal das dúvidas que possam surgir na sequência dos processamentos salariais ou relativas a matérias mais específicas no âmbito da legislação laboral e das regras internas da companhia, estes momentos de diálogo também são utilizados para ouvir os colaboradores relativamente a medidas a adotar no futuro.

Quais são os projetos futuros da empresa? Pretendem aumentar a equipa em 2017?

Tendo em conta que as vendas da Vitacress Portugal têm vindo a aumentar de forma muito evidente, teremos que continuar a reforçar as equipas para fazer face ao aumento da procura. Por outro lado, investimos seriamente na inovação pelo que há novas áreas de negócio que exigirão entrada de know-how que permita o alargamento do âmbito da atividade da empresa de forma sustentada.

Quanto aos projetos, eles resumem-se por um reforço claro da nossa presença ibérica através da marca Vitacress e uma expansão gradual para o Norte da Europa na justa medida das limitações que o caráter muito perecível das nossas folhas nos permite. Não fora a mão muito cheia de projetos próprios que temos em curso e previstos, estaríamos disponíveis para colaborar com o nosso know how noutras geografias através de parcerias locais. Seria útil para a empresa e motivador para os quadros. De momento, porém, estamos envolvidos com o máximo de projetos que nos é possível e temos já outras tantas propostas de parceria em lista de espera.

Outras notícias que podem ser do seu interesse:

Previous post

Hoje é o dia internacional da internet segura! Será que sabe estar seguro?

Next post

SAP SuccessFactors reconhecida líder em Gestão de Capital Humano

Gonçalo Amorim

Gonçalo Amorim

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *