Artigos

Preparar a mala emocional para férias


Vera de Melo
CEO e partner da Your People

Antes de partir para férias, existe um desafio para superar: fazer a mala. Se há quem a faça com dias de antecedência, outros apenas na noite anterior, todos concordam que se constitui como algo fundamental. Muitas vezes, vai ficando para trás na lista de prioridades e acaba por ser feita à pressa, originando que se esqueça do que é verdadeiramente importante.

Este ano, para ser diferente, enumerámos algumas dicas para preparar a mala emocional para ir de férias:

O 1.º passo é não colocar na mala as expectativas. Expectativas demasiado elevadas condicionam a forma como vivemos a realidade, afetando-a positivamente ou negativamente. É difícil controlar as expectativas porque as pessoas ficam demasiado impacientes para as aguardadas férias, imaginando irrealisticamente, diria mesmo magicamente, que as férias irão concertar tudo na sua vida pessoal e profissional, mas é fundamental fazê-lo. Sem as expectativas na mala estará mais disponível para viver tudo que a realidade tem para oferecer.

A 2.ª dica é deixar de fora o stress. Existe uma necessidade inerente às férias de ter um novo ritmo de sono e de alimentação, mas também de atividades. Não leve o ritmo do seu dia-a-dia, caso contrário as férias serão um novo trabalho.

Na mala também não há lugar para a comparação. Deixe de comparar as suas férias com as do vizinho, colega, as dos anos anteriores ou até mesmo das séries de sonho da televisão. Aproveite e usufrua das suas. São momentos únicos. Coloque na sua mala o foco em si e no viver e aproveitar cada momento.

Coloque na mala a imaginação. Identifique atividades diferentes que possa fazer durante as férias de forma a que seja uma verdadeira mudança de rotina.

Leve na sua mala a descontração. Simplifique. Não queira prever tudo e assegure apenas o mais importante. Se algo não correr tão bem, minimize e veja o lado positivo, afinal está de férias.

Não se esqueça de levar a flexibilidade. Flexibilidade de horários e atividades. Não faça demasiados planos, caso contrário não viverá com intensidade todos os momentos. Procure não planear todo o tempo disponível e deixe tempo para imprevistos.

Leve a empatia consigo. Foque-se também nos outros e nas suas necessidades e encontre soluções de compromisso. Faça algumas cedências e torne as férias memoráveis para si e para todos os que se cruzarem consigo.

Na mala há ainda lugar para a alegria e boa disposição. Coloque várias peças serão certamente necessárias.
Não leve mais peças na mala, não vai necessitar delas!

 

Voltar à homepage

 

Mais notícias:

imprimir
Previous post

CHEP nomeia nova country general manager para Portugal

Next post

Qual é a alma do segredo do (seu) negócio?

IIRH

IIRH

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *