Carreira

Prepare com eficácia a sua TRANSIÇÃO DE CARREIRA

O atual mercado de trabalho pauta-se por mudanças constantes e rápidas, exigindo das organizações grande flexibilidade de adaptação, e, dos profissionais novos posicionamentos e a resiliência para lidar com situações de transição. É cada vez mais frequente um profissional qualificado e com experiência consolidada encontrar-se numa situação de ter de identificar um novo projeto profissional. Como tornar-se competitivo, num mundo global, tecnológico, conectado e em constante mudança?

Conheça-se. Quem é, o que o caracteriza e o que pretende.

Assuma a realidade com uma atitude determinada e orientada para ultrapassar da situação. Lidar com a mudança de rotina, com a ansiedade, com incertezas e uma preocupação constante, são um verdadeiro mix de emoções, por vezes difíceis de gerir. Pense e acredite que este período vai ter um FIM e a experiência vai ser rica em aprendizagens que requerem auto conhecimento e desenvolvimento de competências como a resiliência, a perseverança e a iniciativa.
Reflita! O que tem para oferecer como profissional (e como pessoa)? Quais os fatores de diferenciação? Quais as suas motivações e prioridades? Crie os seus objetivos, as suas metas e a estratégia para os atingir. A partir daqui tem as condições para definir o seu posicionamento. Identifique as funções /setores/empresas que mais o atraem, pesquise sobre a sua cultura, mercado e concorrência.
Construa a sua apresentação, crie “os argumentos para a sua venda” e estruture o Plano de Ação. Aproveite o seu tempo para fazer tudo aquilo que queria enquanto estava a trabalhar e não tinha tempo: atividades de lazer, hobbies, acompanhar os seus filhos, os seus pais. Identifique uma formação específica ou competências pode desenvolver e inscreva-se! Tome decisões e invista no desenvolvimento das suas competências e na sua certificação!

Construa/atualize as suas ferramentas de comunicação: CV, perfil de LinkedIn.

Prepare com muito cuidado tudo o que leva o seu nome no mercado, particularmente o CV, cartas e o seu perfil no LinkedIn. É imprescindível criar algo que seja, além do valor do seu conteúdo, esteticamente bonito, original e emocionalmente apelativo, para se diferenciar e mostrar a sua “imagem de marca”. Procure modelos de CV que o diferenciem e peça a opinião de quem o conhece como profissional. Invista tempo, vai valer a pena!
O CV deve:
• Referir sinteticamente os dados pessoais e seus contactos; telemóvel, email, Skype, LinkedIn.
• Descrever as últimas e mais relevantes experiências e realizações.
• Ser escrito de forma clara, objetiva e apenas com dados verdadeiros.
Atualize o perfil de LinkedIn, pois é uma das redes mais pesquisadas para identificar talentos. Mantenha um perfil completo com a experiência profissional, realizações e projetos. Peça recomendações e desenvolva a sua network. A informação credível, a transparência, idoneidade e a coerência da sua apresentação poderá diferenciá-lo.
Depois de ter os seus objetivos e estratégia definidos e as ferramentas de comunicação validadas, é altura de se tornar mais visível.

Trabalhe em multiplataformas, desenvolva a sua network, esteja visível.

Crie uma estratégia de divulgação do seu CV. As estatísticas indicam que grande parte dos profissionais encontram o seu novo desafio através da sua rede de contactos. Deverá trabalhar em multiplataformas:
• Identifique oportunidades de novos projetos nas redes profissionais e sites de pesquisa de emprego.
• Contacte as empresas de recrutamento/search para apresentar o seu perfil e motivações.
• Crie um plano eficaz de networking. É fundamental informar a sua rede de contatos sobre a sua atual situação, apresentar-lhes os seus objetivos, projetos e motivações.
• Marque almoços, pequenos-almoços, reuniões para obter informações sobre o mercado, oportunidades. Esteja preparado para escutar com uma postura humilde e agradecendo a partilha.
• Inscreva-se em associações profissionais, assista a congressos, seminários, cursos e em simultâneo ocupe o seu tempo com atividades ao ar livre, desporto, ações de voluntariado entre outras. Manter-se ativo e atualizado é fundamental para quem procura um novo desafio profissional!

Prepare-se eficazmente para os processos de seleção/entrevistas

Acabou de atender um telefonema para agendar uma entrevista? Acredite que a preparação é fundamental, pois só se tem uma 1ª vez para causar uma boa impressão:
• Pesquise informações sobre o entrevistador e sobre a empresa.
• Seja pontual, cuide da sua aparência e postura, crie empatia.
• Seja claro e objetivo, fale das suas motivações, projetos de sucesso e resultados.
• Prepare uma síntese das suas mais-valias e também das suas áreas de desenvolvimento.
• Caso tenha abertura, procure esclarecer questões e os próximos passos do processo.
• Agradeça a entrevista posteriormente, reforçando algum aspeto que considere diferenciador para o projeto.

E por fim, independentemente do número de testes e de entrevistas de cada processo de seleção, acredite em si!

• Avalie todo o processo e faça os devidos ajustes, se necessário! Se por acaso não conseguiu alcançar o emprego desejado, faça algumas perguntas a si próprio:
• Fiz tudo o que era necessário fazer?
• Onde é que eu posso melhorar?
Reavalie as suas motivações, os seus objetivos, estratégia e prazos e faça a sua análise aos desvios e as respetivas correções.
Não desista, pense positivo e o novo projeto profissional chegará em breve! Aí vai olhar para trás e ver a oportunidade que teve de aprender e de se tornar um melhor profissional, durante o seu período de transição de carreira.

Estratégias para ganhar eficácia
• Mantenha uma atitude positiva com a certeza de que a situação é temporária
• Conheça-se. Prepare com cuidado o seu argumento de venda
• Concentre-se mais no futuro do que no passado
• Defina objetivos e prepare a sua apresentação
• Construa um plano de ação. Mantenha uma agenda e rotina diárias
• Seja persistente e não desista facilmente
• Esteja visível e com networking ativo
• Mantenha o foco, mesmo na ausência de respostas e/ou processos
• Planifique, registe e controle o desenvolvimento do processo
• Tenha um papel ativo na gestão da sua carreira

 

POR: Ana Baltazar – Consultora LHH|DBM Portugal

 

image_pdfimage_print
Previous post

Entrevista Ana Sousa - DRH da Farfetch

Next post

O profissional do futuro é cientista, criativo e emocionalmente inteligente

Vanessa Henriques

Vanessa Henriques

Diretora Executiva da RHmagazine

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *