CRONICAS

Qual é a alma do segredo do (seu) negócio?

“O segredo é a alma do negócio” é um dos provérbios populares que mais é usado relacionados com o que realmente poderá fazer a diferença entre o insucesso e o sucesso das empresas…

Ao longo dos anos, muitos têm sido os “segredos do negócio” que têm sido partilhados por vários líderes de topo das empresas e organizações. Quase todos têm envolvido a importância das pessoas nas empresas… Mas o que é que concretamente, através das pessoas e com estas, pode fazer a diferença?

O propósito é a alma do negócio!

Julgo que negócios com alma são geridos e vividos com um sentido de propósito compartilhado por todos conducente ao sucesso.

Trago-vos uma ideia de propósito que vai muito para além da simples definição de missão, visão e valores de uma empresa ou organização. É um conceito intangível, concentrando todos estes com a clara integração e envolvimento de outros interlocutores que estão para além das portas da própria empresa. O conceito de propósito envolve um conjunto de valores compartilhados por todos os stakeholders da organização, numa lógica de compromissos internos e externos que incorporam palavras tão significativas nesta equação, tais como “envolvimento”, “compromisso”, “aceitação”, “participação plena”, “resiliência”, “desejo de fazer melhor” e “paixão pelos resultados compartilhados”.

O sentido de propósito alinha, integra e estimula os colaboradores em torno dos verdadeiros significados dos conteúdos funcionais, atrai e retém talentos e competências críticas para a organização, proporciona uma visão alargada da ação da empresa para forma da mesma e, em consequência, é responsável pelo estímulo e incremento da reputação e do sentido de orgulho e pertença em relação ao negócio e à empresa.

Mas, também, o propósito é um guião de condutas e comportamentos ajustados às necessidades de todos e de cada um, promove a melhoria dos processos e o desejo de fazer mais e melhor e é um direto responsável pela consolidação dos processos de desenvolvimento e aprendizagem organizacionais.

O propósito tem um forte impacto nos negócios, por isso, este é um tema central de preocupação para os líderes e para os gestores de pessoas que começam a equacionar estratégias de recrutamento e retenção, modos de gerir os desempenhos e performances e, sobretudo, práticas de reconhecimento e recompensas em estreito alinhamento com o propósito da organização.

O propósito é, pois, o novo segredo do negócio da empresa!

Esta nova ALMA do negócio – o propósito – pode bem ser algo intangível e do domínio do concetual, mas fortemente impactante no quadro do envolvimento, mobilização das pessoas nas empresas. Um autêntico “conversor” entre a estratégia organizacional e as diversas políticas e práticas de gestão das pessoas nos contextos da transformação, inovação e gestão da mudança organizacional.

Neste sentido, “a alma é o segredo do negócio” é claramente a nova versão do provérbio popular. Mas, mais do que isso, é a nossa assinatura dos gestores de pessoas que, com as pessoas, procuram atingir resultados sólidos e sustentados.

Por Pedro Ramos, Diretor de Recursos Humanos do Grupo TAP Air Portugal

 

Ler mais Crónicas

imprimir
Previous post

Política de compensações: why not?

Next post

Deduções salariais dos gestores portugueses entre as mais baixas da Europa

Pedro Ramos

Pedro Ramos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *