Randstad irá criar 150 postos de trabalho em Viana do Castelo

Com o novo contact centre, inaugurado no passado dia 6, a empresa de recrutamento espera criar, até ao final do ano, 150 postos de trabalho.

A Randstad Portugal inaugurou, no dia 6 de junho, um novo call center para a Altice, em Viana do Castelo, cumprindo o projeto iniciado em 2015 com a empresa de telecomunicações e cujos objetivos se centram na “diminuição da taxa de desemprego local, atração de população tecnicamente qualificada e na revitalização do tecido económico e social na zona interior do país”. O contact centre emprega já 100 profissionais do município, mas a Randstad espera criar, até ao final do ano, 150 postos de trabalho.

“Para além da geração de emprego fora dos grandes centros urbanos, um fator cada vez mais valorizado no atual contexto económico, este projeto tem uma componente social e formativa muito relevante, que cria oportunidades há muito desejadas para quem pretende viver e trabalhar na sua terra de origem, bem como para quem pretende regressar, seja de outros pontos do país como do estrangeiro”, afirma José Miguel Leonardo, CEO da Randstad, no comunicado enviado às redações.

O projeto desenvolvido pelas duas empresas pressupõe uma aposta na formação, possibilitada pela parceria estabelecida entre a Randstad e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP). Aos candidatos com conhecimentos básicos em francês e que pretendam integrar o centro de atendimento é disponibilizada formação em língua francesa.

De acordo com Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal, a empresa “tem respondido com mecanismos como o investimento e o apoio ao empreendedorismo, ao flagelo do desemprego e falta da concentração de iniciativa privada e criação de valor”.

Para além de Viana do Castelo, a Randstad é responsável por contact centres para a Altice em Castelo Branco, Lamego, Amarante, Guarda, Vieira do Minho, Fafe, Oliveira do Hospital, Penafiel, Covilhã, Viseu e Macedo de Cavaleiros. Através do projeto estabelecido entre ambas as empresas, emprega 1.400 pessoas.

 

Voltar à homepage

 

Mais notícias: