AtualidadeFormação e coaching

Rock in Rio volta a transformar Cidade do Rock em academia de formação

O Parque da Bela Vista já se prepara para receber, no dia 27 de junho, pela segunda vez, uma turma portuguesa de executivos e empreendedores, pronta para ouvir um painel de experientes oradores, graças à parceria do Rock in Rio com a consultora de formação SFORI.

Mais uma edição do Rock in Rio Lisboa significa, pelo sucesso alcançado há dois anos, o regresso da Rock in Rio Academy. Em 2016, a Cidade do Rock transformou-se numa academia de gestão e empreendedorismo e recebeu mais de 200 executivos. Este ano, realizado uma mais vez em parceria com a SFORI, o programa de formação inspira-se no modelo de negócio do festival de música e entretenimento e apresenta uma metodologia inovadora de living case experience, capaz de transformar “os valores e soluções associados ao evento em estímulos para novas ideias”, afirma Agatha Arêas, Diretora de Marketing do Rock in Rio.

Ao longo do dia 27 de junho, na Cidade do Rock a música será outra. Serão os discursos e as conversas dos speakers a animar os executivos, que, na 2.ª edição da academia de formação, poderão assistir a partilhas de conhecimento sobre temas como “Marketing com Propósito”, “Customer Experience” ou “Cultura Organizacional de Elevado Desempenho”. Em 2018, a palavra-chave será o propósito, porque “cada vez mais os consumidores se interessam pelos valores e pelas causas que uma empresa ou um produto defende”, esclarece Agatha Arêas. Roberto Medina, fundador e presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, Alexandre Real, co-fundador da SFORI, e Filipe Ferreira, co-fundador e partner da consultora de formação, são alguns dos oradores.

Para Alexandre Real, co-fundador da SFORI, “o Rock in Rio Academy é uma das formações experienciais mais disruptivas que existe em Portugal”. “Quem participar desfrutará de um “cocktail” refrescante de novas tendências da gestão e de um acesso privilegiado às boas práticas que fazem do Rock in Rio uma organização exemplar e de vanguarda”, garante. Filipe Ferreira, co-fundador e partner da consultora de formação e desenvolvimento, acrescenta que “as palestras terão um registo bastante ativo e visual, sendo complementadas por atividades que farão os participantes interagir diretamente com os oradores”. “Serão também utilizadas tecnologias e desenvolvidos alguns mini cases que permitirão potenciar a experiência de aprendizagem, com base na análise em casos reais”.

 
Voltar à homepage

 

Mais notícias:

 

Facebook
image_pdfimage_print
Previous post

Luísa Pestana, Diretora de Recursos Humanos da Vodafone: “Há uma cultura de vestir a camisola Vodafone muito forte”

Next post

CEO da Audax Energia eleito melhor empreendedor emergente

Mónica Felicidade

Mónica Felicidade

No Comment

Deixar uma resposta