Atualidade

Stephen Hawking conquista redes sociais no arranque do Web Summit

Pelo segundo ano consecutivo, Lisboa volta a receber aquela que é considerada a maior conferência de tecnologia da Europa. O Web Summit arrancou ontem, tendo registado, entre as 12h00 e as 23h59, mais de duas mil publicações nas redes sociais Twitter e Instagram, de acordo com uma análise realizada pela E.Life – especialista em Inteligência de Mercado e Gestão de Relacionamento nas Redes Sociais. O momento de destaque do dia, que arrecadou muitas reações positivas, associou-se à presença surpresa de Stephen Hawking com utilizadores a comentarem: “Stephen Hawking on the future of AI. Lucky me :)” ou “OMG OMG OMG! What a surprise the #WebSummit gave us this opening! The very own Stephen Hawking giving us a speech!”.

O estudo indica ainda que as hashtags mais utilizadas pelos usuários ao longo do dia de ontem foram #websummit (1.417 referências), #websummit2017 (1.301 referências) e #lisbon (748 referências). A maioria das publicações foram feitas de Portugal, nomeadamente Lisboa, Coimbra e Porto, seguido dos Estados Unidos da América e Bruxelas. Já em relação aos termos mais utilizados, destaque para “summit” (16 por cento), “web” (15 por cento) e “lisbon” com 11 por cento de referências, dando relevo à cidade de acolhimento.

As publicações assumem maioritariamente um sentimento positivo (76 por cento). “Day 1 @websummit and the #team has already made some great connections!” ou “D-day – Don’t miss the Best Tech conference on the planet!” são alguns dos comentários realizados pelos internautas nas duas redes sociais. Relativamente ao top users, e excluindo-se a conta oficial do Web Summit, destaca-se o @Coimbrasummit, que realizou 9 tweets e conversou com Paddy Cosgrave, CEO do evento. Analisando o volume de publicações por hora, é possível perceber que as 17h00 e as 18h00 (de 6 de novembro) se destacam como os momentos com maior buzz nas redes, antecedendo o momento em que Cosgrave deu as boas-vindas aos participantes. Outra curiosidade interessante é o facto de as publicações estarem distribuídas igualitariamente pelos dois sexos, o que demonstra o poder que as mulheres têm vindo a alcançar no setor da tecnologia, que até há pouco tempo era considerado, por muitos, maioritariamente associado ao sexo masculino.

A análise foi efetuada com recurso ao Buzzmonitor, plataforma da E.Life para monitorização e análise de social media. A empresa assegurará a cobertura do buzz gerado nas redes sociais em torno do evento e acompanhará todas as novidades que vão surgindo neste meio sobre a iniciativa. Nesta análise foram contemplados os termos de pesquisa “#websummit”, “web summit” e “websummit” do Twitter e contas públicas do Instagram. O estudo foi realizado entre as 12h00 e as 23h59 do dia 6 de novembro de 2017.

Mais notícias:

Previous post

INDEG-ISCTE organiza open day

Next post

Ivo Soares eleito embaixador português da Semana Europeia da Formação Profissional

Vanessa Henriques

Vanessa Henriques

Diretora Executiva da RHmagazine

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *